Como dar um feedback construtivo

feedback

Dar e receber feedback é uma das etapas mais construtivas em qualquer processo comunicativo, e tem um valor grandioso nas relações interpessoais em uma organização. O profissional brasileiro ainda está aprendendo melhores práticas de se comunicar com assertividade e ainda vê a hora do feedback com receio. Cabe ás lideranças e profissionais de RH estimular a comunicação multilateral no ambiente de trabalho e aproveitar o que a prática de dar e receber feedback tem de mais assertivo à empresa.

O que é o feedback?

Trata-se de um momento em que um colaborador repassa informações a um determinado funcionário sobre a performance. Na maioria das vezes, é a liderança que presta informações e dicas de melhorias ao liderado, mas cada vez mais o conceito de feedback é ampliado a todos os tipos de relacionamento dentro da corporação, não estando restrito às avaliações de desempenho.

feedback

Não se trata de uma bronca ou de uma reclamação, mas de um retorno, positivo ou negativo, sobre determinados assuntos, que possam contribuir para o desenvolvimento do colaborador.

A prática do feedback, na verdade, vem sendo incentivada entre os colaboradores de todos os níveis hierárquicos: sempre que algo precisa ser relatado, deve ser feito à pessoa envolvida ou interessada. É uma estratégia de gerenciamento de pessoas chamada gestão por competências. Mas é o feedback entre lideranças e liderados que mais surtem efeito na produtividade do indivíduo na empresa.

Além disso, o colaborador também deve dar seu feedback sobre a liderança, sobre os processos aos quais está inserido e sobre o seu próprio desenvolvimento – veja que esta estratégia jamais pode ser unilateral para ter um efeito grandioso.

É através do feedback que o colaborador fica sabendo como melhorar o seu desenvolvimento, quais os direcionamentos da empresa e a sua contribuição para ela, quais suas fraquezas e fortalezas, suas oportunidades e muitas outras nuances importantes. É através do feedback também que o colaborador poderá fornecer informações que contribuam com o desenvolvimento de lideranças, da equipe e da empresa.

Dicas para dar feedback

Há muitas ferramentas e estratégias de feedback no meio corporativo. Uma destas ferramentas é avaliação 360 graus, em que os colaboradores são analisados por seus colegas de trabalho de forma anônima, inclusive os gestores.

Mas esta análise pode ser feita de outros modos, inclusive de forma mais personalizada. O gestor ou líder poderá optar por uma técnica amparada no reconhecimento e na motivação. Veja como pode ser feita:

  • Reconheça os pontos fortes do colaborador: É importante destacar os aspectos positivos do colaborador, sejam técnicos ou comportamentais. Desta forma, o funcionário irá se sentir seguro e mais propenso às críticas.
  • Melhorias e fraquezas: Em um segundo momento, mostre de forma prática quais são os comportamentos e fraquezas que poderiam ser melhorados. Cite exemplos para facilitar a comunicação.
  • Encorajamento: Não vale a pena criticar se não sugerir soluções e motivar a mudança. O líder deve ser um exemplo e deve apontar formas motivadoras e práticas de mudança, para que o colaborador se desenvolva da melhor forma possível.
  • Estabeleça a confiança: Uma forma de estabelecer a confiança é garantir o sigilo das informações. Outro modo é saber ouvir o que o colaborador tem a dizer. O feedback é sempre uma via de mão dupla. Não utilize julgamento de valor ou informações injustificadas e sem embasamento. O profissional deve atender ao perfil da empresa e não o que você pessoalmente espera que ele seja.
  • Estimule a ação: Se o feedback foi negativo, é necessário mudar o comportamento que leva ação contraproducente e uma boa opção é estimular ações que construam um novo comportamento, adequado ao que se deseja. Se o feedback foi positivo, deve estimular mais ações de fortalecem o comportamento, afim de manter a performance elogiável e positiva.

Como o feedback é incentivado na sua empresa? Deixe um comentário!

Imagens: Pinterest.

Peopleminin: a solução de empregabilidade onde a vaga procura o candidato. Que tal experimentar?
Acesse www.peopleminin.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

mautic is open source marketing automation