Eduardo Saigh
ABOUT THE AUTHOR

Eduardo Saigh

Eduardo Saigh é formado e pós-graduado em marketing pela ESPM. Atuou com sucesso na área de marketing e comunicação durante 8 anos, quando decidiu mudar de carreira e empreender na área de desenvolvimento humano. Após três anos na nova área, aceitou o desafio de fazer a restruturação da área de RH na Hays, uma das maiores consultorias de recrutamento e seleção especializadas do mundo. Atualmente é o head da Elliott Scott, multinacional especializada no recrutamento e seleção de profissionais de RH e sócio fundador da Peopleminin.

Diferenças de trilhas de carreiras: Especialista, Y e W

As diferenças entre as gerações não é uma discussão tão recente, mas que a cada dia ganha novos aspectos. Não basta mais definir as suas características básicas e suas diferenças, mas sim conhecer de modo abrangente o comportamento de profissionais de diferentes gerações no que diz respeito às atuais necessidades do mercado. As suas mudanças, na grande maioria dos casos, têm a ver com o perfil profissional. E no que se refere aos técnicos e especialistas, percebemos diferenças consideráveis entre as gerações Y e W. Isso fez surgir modelos de carreiras diferenciados. Veja um pouco mais sobre este assunto a seguir.

bridge-livre

Continue lendo Diferenças de trilhas de carreiras: Especialista, Y e W

Eduardo Saigh é formado e pós-graduado em marketing pela ESPM. Atuou com sucesso na área de marketing e comunicação durante 8 anos, quando decidiu mudar de carreira e empreender na área de desenvolvimento humano. Após três anos na nova área, aceitou o desafio de fazer a restruturação da área de RH na Hays, uma das maiores consultorias de recrutamento e seleção especializadas do mundo. Atualmente é o head da Elliott Scott, multinacional especializada no recrutamento e seleção de profissionais de RH e sócio fundador da Peopleminin.

O pacote de remuneração e benefícios é mais importante que o salário para um colaborador?

O salário sempre será um importante fator de escolha de um profissional por uma oportunidade. Mas o plano de benefícios dá a perspectiva ao profissional de que este pode atuar por mais tempo e com mais estabilidade na empresa. O salário sempre vai ter mais importância para o trabalhador, já que diz respeito ao valor dos seus préstimos junto ao mercado e à empresa. Mas os benefícios podem fazer toda a diferença na sua decisão por uma vaga. Veja quais os fatores que interferem na contratação do profissional, além de remuneração e benefícios.

money-livre

Continue lendo O pacote de remuneração e benefícios é mais importante que o salário para um colaborador?

Eduardo Saigh é formado e pós-graduado em marketing pela ESPM. Atuou com sucesso na área de marketing e comunicação durante 8 anos, quando decidiu mudar de carreira e empreender na área de desenvolvimento humano. Após três anos na nova área, aceitou o desafio de fazer a restruturação da área de RH na Hays, uma das maiores consultorias de recrutamento e seleção especializadas do mundo. Atualmente é o head da Elliott Scott, multinacional especializada no recrutamento e seleção de profissionais de RH e sócio fundador da Peopleminin.

Quais as principais estratégias para retenção de talentos?

Basta analisar um determinado segmento para compreender que mão de obra especializada e com as competências exigidas pelo mercado não é algo muito fácil de conseguir, mesmo quando as empresas ofertam bons salários e benefícios. Se captar talentos é um desafio da contemporaneidade, retê-lo pode ser ainda mais complexo. Veja a seguir algumas estratégias para a retenção de talentos em uma empresa.

ConfidentByPressfotoFreepik

Continue lendo Quais as principais estratégias para retenção de talentos?

Eduardo Saigh é formado e pós-graduado em marketing pela ESPM. Atuou com sucesso na área de marketing e comunicação durante 8 anos, quando decidiu mudar de carreira e empreender na área de desenvolvimento humano. Após três anos na nova área, aceitou o desafio de fazer a restruturação da área de RH na Hays, uma das maiores consultorias de recrutamento e seleção especializadas do mundo. Atualmente é o head da Elliott Scott, multinacional especializada no recrutamento e seleção de profissionais de RH e sócio fundador da Peopleminin.

Como saber qual é a hora de mudar de emprego?

A maioria dos profissionais já passou por sentimentos contraditórios em relação ao seu emprego ou ao momento em que a sua carreira se encontra. Isso é natural, mas não deve ser negligenciado. Um mal-estar constante, falta de motivação, um salário que não condiz com a sua função, pouca valorização e muita pressão, trabalhar no “piloto automático”, falta de perspectivas: muitos são os indicadores que podem fazê-lo questionar-se sobre a hora certa para mudar de emprego. Conheça algumas dicas e questionamentos, que lhe ajudarão a avaliar esta situação e ter condições mais assertivas para tomar a sua decisão.

Continue lendo Como saber qual é a hora de mudar de emprego?

Eduardo Saigh é formado e pós-graduado em marketing pela ESPM. Atuou com sucesso na área de marketing e comunicação durante 8 anos, quando decidiu mudar de carreira e empreender na área de desenvolvimento humano. Após três anos na nova área, aceitou o desafio de fazer a restruturação da área de RH na Hays, uma das maiores consultorias de recrutamento e seleção especializadas do mundo. Atualmente é o head da Elliott Scott, multinacional especializada no recrutamento e seleção de profissionais de RH e sócio fundador da Peopleminin.
mautic is open source marketing automation