8 hábitos para alavancar a sua vida em 2018

Texto - 8 Hábitos

É importante aproveitarmos essa pausa no final do ano para nos energizarmos e começar o próximo ano com força total. Muitas e muitas vezes, o que nos impede de termos sucesso em nossa carreira profissional é a bagagem emocional que trazemos de outras experiências e épocas da vida que acabam ditando a nossa maneira atual de ver o mundo.

Por isso, é importante reconhecer aquilo que nos impulsiona e deixar o que nos prende para trás.

Em 2012 foi publicado em forma de livro, os resultados do estudo de 75 anos, chamado de “Harvard Grant Study”, que teve como objetivo medir a saúde mental e física de homens ao longo dos anos. O estudo foi realizado com 268 homens, à época alunos do segundo ano em diante das classes de 1939 a 1944 de Harvard.

O livro mostra através de fatos claros, de que plenitude, felicidade e realização são plenamente alcançáveis em qualquer fase da vida e no bem da verdade, são as coisas que realmente mais importam na vida. Pode parecer papo de autoajuda, mas não é.

É ciência, comprovada pelo mais longo estudo comportamental já feito.

George Vaillant, responsável por grande parte do estudo, enumera oito hábitos de pessoas otimistas.

  1. Tenha Gratidão

Tudo começa com agradecer as coisas boas que você tem na vida. Se você não é grato pelo que tem, nunca ficará satisfeito. Faça um inventário de tudo o que é bom ao seu redor, não importa o tamanho e veja quão boa é a sua vida.

Você também precisa agradecer as dificuldades e os momentos difíceis. Sim, sem os momentos de dor e medo, sem as crises, não se cresce ou se ganha mais sabedoria e crescimento. Eles nos dão força, nos ensinam a perseverar e a ter resiliência.

Ser grato por cada momento da vida faz as dificuldades parecem degraus para um futuro melhor – essa é a base do otimismo, empolgação pelos bons e maus momentos, sabendo que eles apontam sempre para algo melhor e positivo.

  1. Alimente a esperança alheia com as suas histórias

Quando compartilhamos as nossas histórias, os bons e os maus momentos, damos aos outros as ferramentas que muitas vezes eles precisam para construir, evoluir e perseverar nas suas vidas. Nossas histórias podem alimentar a esperança, a essência do otimismo. É através da  esperança que se é possível enxergar um futuro positivo, quando a realidade diz o contrário.

Nesse aspecto reside um fato interessante: só tem histórias para contar quem viveu boas histórias.

  1. Perdoe

Perdoar pode parecer mais fácil de se dizer do que fazer, mas é preciso perdoar aqueles que afetaram negativamente a sua vida. A maneira mais fácil de perdoar alguém que lhe fez algum mal é seguindo em frente, deixando o passado no lugar dele, lá atrás. Faça as pazes com o seu passado para que ele não estrague o seu presente e o impeça de alcançar os seus objetivos futuros.

  1. Transforme a inveja e o ciúme em energia positiva

Invejar os outros é prejudicar a si mesmo. O universo não lhe deve nada, porque alguém está em melhor situação do que você. Canalize essa energia para construir algo de positivo para você. Considere o sucesso das pessoas que você inveja como um catalisador para ajuda-lo a alcançar as coisas que você deseja.

  1. Sorria mais

Quando sorrimos, criamos um ambiente feliz, estimulamos boas energias a nossa volta e estimulamos os outros ao nosso redor de maneira positiva. Franzindo a testa, cruzando os braços, temos o efeito oposto. Felicidade, menos que em pequenas doses, libera serotonina (o hormônio do prazer), fazendo com os dias mais difíceis se tornem superáveis.

  1. Sol, exercício e dieta equilibrada.

Este pode ser um conselho comum, mas todos nós precisamos de algum tipo de exercício e de sol todos os dias, mesmo. Pesquisas dizem que precisamos de apenas 15 minutos diários de sol. Se você não consegue, pergunte ao seu médico se é necessário tomar vitamina D.

Se você tiver uma agenda lotada, que o impeça de fazer exercícios regulamente, use sempre que possível a escada ao invés do elevador ou mesmo o estacionamento para se exercitar.

Faça o que for preciso, mas mantenha-se em movimento o máximo que você puder. Aliado a uma rotina mínima de exercícios, controle a sua dieta. Considere ter uma dieta equilibrada, com frutas e legumes, e se você não for alérgico, inclua amêndoas e nozes. A energia que recebemos dos exercícios, uma dieta saudável e a exposição à luz do sol, nos dá uma energia naturalmente positiva.

  1. Pare de culpar os outros

É fácil culpar os outros pela vida que temos. As pessoas culpam a economia, chefes e todo o tipo de terceirização dos seus problemas. O otimismo e o sucesso vem naturalmente, quando se percebe , e se aceita, que quem controla a sua vida e os resultados dela é você.

  1. Seu passado não diz nada sobre o seu futuro

Não é porque a sua vida foi difícil, que ela será assim para sempre. Não faça as experiências ruis do passado ser tornarem uma profecia autorrealizável do que esta por vir. Pelo contrário, sabemos que esses momentos ficaram para trás e o que interessa é que se aprendeu com eles.

Vários estudiosos afirmam que a única maneira real e sustentável de superar algo do passado, não importa o nível de dor que tenha causado, é analisar conscientemente o que se aprendeu com tal situação ou evento. Novamente, é necessário trazer ao nosso consciente algo que está no nosso inconsciente.

Eduardo Saigh é formado e pós-graduado em marketing pela ESPM. Atuou com sucesso na área de marketing e comunicação durante 8 anos, quando decidiu mudar de carreira e empreender na área de desenvolvimento humano. Após três anos na nova área, aceitou o desafio de fazer a restruturação da área de RH na Hays, uma das maiores consultorias de recrutamento e seleção especializadas do mundo. Atualmente é o head da Elliott Scott, multinacional especializada no recrutamento e seleção de profissionais de RH e sócio fundador da Peopleminin.
Postado por / 01/01/2018 / 0 Comentários
Postado em
Carreira, Empregabilidade
Eduardo Saigh

Eduardo Saigh

Eduardo Saigh é formado e pós-graduado em marketing pela ESPM. Atuou com sucesso na área de marketing e comunicação durante 8 anos, quando decidiu mudar de carreira e empreender na área de desenvolvimento humano. Após três anos na nova área, aceitou o desafio de fazer a restruturação da área de RH na Hays, uma das maiores consultorias de recrutamento e seleção especializadas do mundo. Atualmente é o head da Elliott Scott, multinacional especializada no recrutamento e seleção de profissionais de RH e sócio fundador da Peopleminin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

mautic is open source marketing automation