5 dicas para se tornar um poderoso caçador de emprego

texto - 5 dicas para se tornar um poderoso caçador de emprego

Aprenda as melhores maneiras de investir seu tempo procurando um novo emprego.

Existem algumas estratégias experimentadas e verdadeiras que os candidatos a emprego usam para descobrir e conseguir um novo emprego. Um estudo da Jobvite, uma plataforma de recrutamento, destaca os métodos bem sucedidos que os caçadores de empregos estão usando para garantir uma nova carreira.

Enquanto a maioria dos trabalhadores (61%) está satisfeito com seus empregos atuais, mais de 80% estão abertos a novas oportunidades de emprego, de acordo com a pesquisa. Isso destaca um dos mais importantes princípios do gerenciamento de carreira: sempre busque seu próximo trabalho.

Sim, estar à procura de um novo emprego exige tempo e esforço, mas você pode trabalhar de forma mais inteligente seguindo as estratégias usadas por candidatos a emprego bem sucedidos.

[USE A SUA REDE DE CONTATOS] Você não gostaria de ter centenas de pessoas ajudando você a obter seu novo emprego? Isso é chamado de rede. A Jobvite relata que 49% dos candidatos a emprego recorrem a amigos para obter ajuda na identificação de novas oportunidades profissionais e 35% para novas conexões profissionais. Se você tem uma rede de contatos ativa e a usa bem, você se destaca da grande maioria dos candidatos a emprego que não usam a sua rede.

Veja mais: Como conseguir um emprego através do seu networking

Dicas rápidas: Faça uma lista de todas as pessoas que você conhece para que você possa sistematicamente alcançar e acompanhar quando você contatou cada pessoa. Sua lista deve incluir contatos pessoais e profissionais. Também tenha certeza que sua mensagem é muito clara. Diga aos seus contatos o tipo de trabalho que você está interessado e liste algumas empresas nas quais você está interessado em trabalhar. Isso os ajuda a focarem nos tipos de oportunidades que fazem sentido para você. Mais importante ainda, mantenha contato continuo com sua rede.

[REFERÊNCIAS POSITIVAS AJUDAM BASTANTE] Para ajudar a se destacar no mar de candidatos que existem a procura de um novo emprego, você pode pedir ajuda para alguém que você conheça que trabalha na empresa que tem a posição que você deseja.

Veja mais: Como deixar seus amigos saberem que você está procurando emprego

Sessenta por cento dos trabalhadores entrevistados já indicaram um contato ou conexão para um trabalho, de acordo com Jobvite. A pesquisa relata que 35% dos candidatos a emprego acabaram conseguindo um novo emprego por meio de uma indicação.

Dicas rápidas: Antes de se candidatar a um emprego, procure pessoas que você conheça dentro da empresa alvo. Use o LinkedIn e pergunte à sua rede quem ele pode conhecer dentro da empresa. Muitas vezes, o aplicativo on-line perguntará se você conhece alguém da empresa e fornecerá o nome do contato. Sempre deixe seus contatos internos saberem que você está interessado em uma posição na empresa em que eles trabalham e pergunte se eles podem passar seu currículo para a pessoa responsável pela seleção ou contratação.

[APLICAÇÕES ONLINE] Existem muitos quadros de empregos por aí, mas dois dos métodos de inscrição on-line mais usados por candidatos a emprego bem-sucedidos não são realmente quadros de empregos. Quase 25% dos candidatos a um novo emprego aplicavam-se a novas oportunidades via LinkedIn e 32% aplicavam-se diretamente através do site de carreiras da empresa alvo.

Veja mais: Como recrutadores e headhunters usam o LinkedIn para encontrar candidatos talentosos

Dicas rápidas: Crie uma lista empresas alvo para as quais você deseja trabalhar, para poder monitorar seu portal de empregos on-line. Quase todas as empresas listam trabalhos em seu próprio site e esses sistemas permitem que você defina alertas para novos empregos. Você também pode definir alertas semelhantes no LinkedIn. A configuração de alertas evita que você tenha que percorrer centenas de tarefas não relacionadas e permitirá a aplicação rápida após a publicação de um trabalho que seja do seu interesse.

Veja mais: 4 maneiras de conseguir um novo emprego usando o feed do seu LinkedIn

[TOME UMA DECISÃO CONSCIENTE] Depois de conquistar um novo emprego, com certeza, você quer mantê-lo. Certifique-se de ter examinado cuidadosamente a empresa, seu novo gestor e a função antes de aceitar a oferta. A Jobvite descobriu que, nos primeiros 90 dias, quase um terço dos novos funcionários deixam o novo emprego por causa dessas quatro razões: o escopo das atividades não era o esperado, houve um incidente ou uma experiência ruim durante o período, não gostaram ou se adaptaram a cultura da nova empresa ou simplesmente mudaram de ideia. Tanto o empregador quanto o novo funcionário podem assumir a responsabilidade por isso, mas o que você pode fazer para reduzir o risco ao assumir um novo emprego?

Dicas rápidas antes de aceitar um novo emprego: Fazer as perguntas certas durante o processo de entrevista é fundamental. Mas não pare por aí. Pergunte se você pode observar o ambiente de trabalho por cerca de uma ou duas horas.

Preste atenção em como a equipe interage uns com os outros e com pessoas de outros departamentos. Você estará avaliando o quão bem o papel atende às suas expectativas. Além disso, preste atenção aos seus instintos. Se algo não parece certo, pode muito bem ser um sinal de que você não se encaixa na empresa.

[UM TRABALHO NÃO É SUFICIENTE] Há mais uma tendência importante destacada pelo estudo de Jobvite: o crescente número de trabalhadores que possuem mais de um emprego. Trinta e um por cento dos trabalhadores têm um segundo emprego ou um emprego paralelo. A maioria das pessoas entrevistadas diz que precisa do dinheiro extra, mas 22% dizem que isso lhes permite buscar um projeto que seja novo, temporário ou que alimente uma ou duas novas paixões. Hoje, há mais opções para as pessoas se tornarem freelancers ou participarem da economia compartilhada. A criação de um fluxo de renda secundária é outra estratégia de carreira inteligente e garante que você sempre tenha alguma fonte de renda.

Eduardo Saigh é formado e pós-graduado em marketing pela ESPM. Atuou com sucesso na área de marketing e comunicação durante 8 anos, quando decidiu mudar de carreira e empreender na área de desenvolvimento humano. Após três anos na nova área, aceitou o desafio de fazer a restruturação da área de RH na Hays, uma das maiores consultorias de recrutamento e seleção especializadas do mundo. Atualmente é o head da Elliott Scott, multinacional especializada no recrutamento e seleção de profissionais de RH e sócio fundador da Peopleminin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

mautic is open source marketing automation