4 sinais que você está no caminho errado

4 sinais que você está no caminho errado (2)

Certo e errado são medidas e termos subjetivos que para serem válidos e uteis dependem de todo um contexto, pontos de vista, metas e objetivos pré-determinados e etc.

A verdade é que certo e errado, bom e mal, são sempre pontos de vista e, por definição, são sempre subjetivos.

O mais engraçado é que quanto mais o tempo passa, mais esse ponto de vista tende a mudar, se tornando mais maduro, mais consciente e quase sempre menos vitimista. O pé na bunda que se levou naquele relacionamento que iria durar para sempre já não parece tão ruim assim, a sofrida demissão do passado hoje faz sentido e coisas do tipo.

Sobre este aspecto, podemos deduzir que os chamados “erros & acertos” da vida, além de serem mutáveis, são sempre, no final das contas, oportunidade de aprendizado, de evoluirmos para um estado mais preparado e com mais repertório de vivência.

Já dizia um professor meu da faculdade: “Quanto mais repertório, mais domínio de situação.”

Sendo mais simplista ainda: se dá bem quem tem mais opções.

Veja também: Como competir com os millennials no ambiente de trabalho

Isso acontece porque o medo natural que temos do desconhecido não existe mais, afinal, o que era novo antes já não é agora. Essas experiências, muitas vezes traumáticas, frequentemente nos dão insights, abrem nossa percepção e como já dito, aumentam a nossa autoconsciência.

Mas será que existe uma maneira de descobrirmos se o caminho que escolhemos, se as escolhas que fizemos, são realmente as melhores escolhas? Ou mesmo são as que mais combinam conosco ?

Será que existe um atalho que nos permita não sofrer tanto para aprender?

Não sei a resposta.

Mas acredito que podemos usar a nossa intuição para nos ajudar a trilhar caminhos mais conscientes e positivos. E é com essa premissa que eu trago quatro sinais que podem te ajudar a saber se você está no caminho certo na vida – tendo como “certo” aquilo que seja positivo para você.

Acredito que estes quatro itens possam realmente te ajudar a refletir sobre qualquer situação.

Afinal, se você acha que precisa refletir sobre algo não fuja, reflita sobre esse algo.

[VOCÊ SE SENTE MORTO POR DENTRO] Você se sente morto por dentro. Um saco de ossos e carne cheio de metas e objetivos não cumpridos . Por mais ensolarado e promissor que pareçam os dias, nada te anima: os dias são cinzas, chatos e repetitivos.

A impressão que você tem é que se as coisas continuarem da maneira que estão, você será infeliz pelo resto da sua vida e agradecerá se morrer logo, tamanha a ausência de vida que a sua atual existência miserável  tem – lembre-se, uma coisa é existir, outra é viver.

Se a sua vida atual está uma merda crocante por fora e mole por dentro, é hora de parar e repensar. Todos esses pensamentos e conversar estranhas que você vem tendo com você mesmo talvez sejam uma maneira da sua quintessência falar com você, te avisando que as coisas não estão bem é que é necessário FAZER algo à respeito.

Não cairei na covardia de dizer que “alguma coisa tem que ser feita”. Você tem que fazer algo.

[VOCÊ SENTE QUE ESTÁ PERDENDO O SEU TEMPO] A vida é curta e você tem a impressão que está perdendo o seu tempo. Você tem a nítida impressão que poderia está investindo o seu tempo em algo mais construtivo e gratificante para você. Se você acha que está desperdiçando o seu tempo, provavelmente há uma boa razão para isso. Nem todo mundo tem a vida dos sonhos, mas todos desejam construir algo e deixar a sua marca no mundo. A grande verdade é que se você não está criando, construindo, servindo ou compartilhando, você vai ter a sensação de estar perdendo o seu tempo, sendo passageiro do ônibus chamado “Minha Vida”.

Se você não escolher se tornar quem você nasceu para ser, você será qualquer coisa, menos você.

[VOCÊ TENTA PREENCHER O VAZIO] Assim como um peru em época de natal, você tenta preencher o vazio da sua existência com algo. Mas ao invés de farofa, você se entope ou entorpece de chocolate, açúcar, facebook, putas, drogas, álcool, amizades nocivas, amigos covardes e interesseiros, glutén, endorfina, bens materiais inúteis e sem sentido, T.V, livros de autoajuda, Netflix, cursos de coaching com charlatões e todo o tipo de recheio externo, na vã esperança de que esse “algo” ocupe um espaço que é destinado a algo que deve ser criado e cultivado internamente, de dentro para fora e não o contrário.

Todo esse resto não passa de ilusões e entretenimento, que entorpecem e tiram a sua atenção do que realmente importa: o seu estilo de vida está te matando.

Ou melhor, a falta de um estilo de vida SEU está te matando.

Provavelmente, esse vazio seja consequência da falta de um objetivo ou mesmo propósito de vida real.

[VOCÊ APENAS VAI] Você não sabe o que fazer e apenas vai. Vai no almoço de família, vai no seu casamento, vai na festa da firma, vai na reunião com cliente, vai ao almoçar, vai no shopping, vai no puteiro,  vai na balada, vai jantar, vai na casa da sua mãe, vai na casa da sogra, você só vai. Vai e não sabe porque vai, para onde vai e muitas vezes não sabe como vai.

Mas vai.

Você não só não está no controle do ônibus chamado “Minha Vida”, como chegou atrasado e o perdeu! Você tem a sensação de estar perdido e não tem a menor ideia de como se achar.

Se você acha que não está perdido, mas os outros três itens deste texto fazem pleno sentido para você, você faz parte do pior tipo de perdido na vida: aquele que nem sabe que está perdido.

CONCLUSÃO

Este texto não tem a intenção de botar você para baixo, fazer com que você se sinta mal, triste ou que sinta culpa. Ele tem o intuito de ajudar você a refletir, a aumentar a sua autoconsciência e ação, ou seja, que você seja menos reativo, que pense por si próprio e que haja, que FAÇA algo, sabendo das consequências.

E só.

Se tudo o que foi escrito fizer sentido para você, talvez você esteja indo pelo caminho errado, ou seja, um caminho que não te leve para aquilo que intrinsecamente você deseja e as nuvens da confusão não deixam você enxergar isso. Não é preciso sofrer sempre para aprender.

Existe aprendizado sem dor, talvez basta apenas seguirmos a nossa intuição e coração.

Talvez para isso tenhamos que passar mais tempo com a família e amigos, construir e criar algo que sempre sonhamos ver materializado, terminar um relacionamento que não faz sentido, pedir demissão, pedir perdão, perdoar, sei lá!

O que interessa é saber se algo precisa ser mudado e mudar!

 

Peopleminin é uma solução multiplataforma de recrutamento e seleção que tem por base o match profissional perfeito, combinando o perfil profissional e comportamental dos candidatos com as vagas existentes no mercado. Em busca do match profissional perfeito!
Postado por / 09/09/2018 / 0 Comentários
Tagueado como
Postado em
Empregabilidade
Peopleminin

Peopleminin

Peopleminin é uma solução multiplataforma de recrutamento e seleção que tem por base o match profissional perfeito, combinando o perfil profissional e comportamental dos candidatos com as vagas existentes no mercado. Em busca do match profissional perfeito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

mautic is open source marketing automation